BLOG DE OLHO NA TELA

REFLEXÃO : APRENDENDER A DIZER NÃO

Conheço algumas pessoas que não sabem dizer não. Acham que essa palavra mais do que uma recusa soa como ofensa! Muitas vezes acabam se prejudicando por não saberem negar uma invasão que, se não controlada, acontece gradualmente.

Sempre dizemos aqui em casa que “as pessoas são o que permitimos que elas sejam” e do mesmo modo, somos nós quem concedemos espaço para que nos invadam e assumam comando em nossa vida. Impor limites é fundamental para que cada um respeite a privacidade e individualidade. Limites aos outros e a nós também! Uma das primeiras palavras que aprendemos é o “não”! Desde cedo, muito mais do que recusa, o “não” nos é colocado como delimitador, como proteção e cuidados. À medida que crescemos, começamos a distinguir o peso da negativa e nem sempre a usamos da maneira correta.

Vejo pessoas negando um abraço carinhoso a um ente querido, mas aceitando pedidos inconvenientes de amigos. Por medo de magoar, aceitam e se calam. Sofrem pelos transtornos causados, preferem poupar aos outros da mágoa, mas não temem em causar danos a si.

Dizer “sim” sempre, não é estar fazendo bem. E a pergunta que deve ficar é se está sendo bom pra você também. Não estou sugerindo a começar a avaliar se haverá apenas benefícios, mas a ponderar se a permissividade não lhe trará danos, algumas vezes irreparáveis. Pessoas permissivas tornam-se alvos fáceis dos manipuladores e eles estão por toda a parte esperando uma oportunidade para o ataque.

Por isso, questione até onde concordar com o que os outros pedem  e se não irá lhe prejudicar. E mais, se não prejudicará outras pessoas. Dizer que não está de acordo com algo que não te agrada é um dever para com a sua paz de espírito. Não é à toa que dizem que algumas pessoas confundem bondade com bobeira.

Eu não me incomodo em dizer não, principalmente quando percebo que o pedido irá me impedir de fazer algo que realmente considere importante. Muito menos se o pedido vier com condições que me comprometam de alguma forma. Aprendi a dizer não e, se machucar quem o recebe é porque certamente me machucaria muito mais caso eu concordasse. Amigo de verdade não impõe, ele pede e compreende a recusa. Não se magoa e não te cobra explicações. Não vá além de seus princípios e desejo apenas para agradar outra pessoa. Mantenha a sua personalidade e não seja, como diz meu irmão, “Zé Piolho”. Ir pela cabeça dos outros não é vontade própria ou de agradar… quase sempre é um indicador de que alguém sairá machucado e seja quem for, não é legal!

Cuidado com o que os outros desejam e com aquilo que você permite!

Jackie Freitas

“Dizer sim quando quero dizer não é dar mais valor aos outros do que a mim, é não colocar meus limites, e isso é não me respeitar… É o mesmo que dizer que o que eu sinto não vale nada, que os outros podem passar por cima de mim à vontade. E eles passam, sem dó nem piedade. Hoje estou aprendendo a dizer não. Quando não quero alguma coisa, simplesmente digo não. Sem raiva nem emoção. Um não é só uma negativa. É nosso limite. Um direito que temos de decidir o que desejamos ou não fazer. A isso se dá o nome de dignidade. Quando nos colocamos com sinceridade, dizendo o que sentimos, somos respeitados.”

(Zíbia Gasparetto)

UMA SEMANA PROVEITOSA E FELIZ,  APRENDENDO A COLOCAR LIMTES NAS RELAÇÕES , MAS SEM MAGOAR!

Deixe um comentário »

Dica de cinema : Comer Rezar Amar

Ontem tive o privilégio de assistir a pré estreia do filme:”Comer , Rezar e Amar”   baseado na  história do livro best-seller auto biografico com o mesmo título, de Elizabeth Gilbert.

Confesso que saí maravilhada , extasiada com a autencidade e o escapismo corajoso da heroína em se aventurar em paises como a Italia, India e na Ilha de Bali na Indonésia em busca do autoconheimento. Creio que as mulheres se deliciarão mais com a história do que os homens , alguns poderão até achar chato. É da nossa natureza feminina o romantismos e admiração por mulheres modernas  e corajosas lidando com suas angustias em busca da felicidade , serenidade e de  luz própria e algumas com certeza se identificarão com a historia real da personagem Liz .Julia Roberts está mais uma vez brilhante em seu papel abraçou a personagem por ser admiradora da escritora. O personagem Felipe  (brasileiro amante de bossa nova)vivido por Javier Bardem ,expressa muito bem seus sentimentos,trazendo  marcado no rosto seu sofrimento , sua dor.

Bom é bom parar  senão vou contar o filme todo de tão entusiasmada que fiquei . Recomendo como um bom programa para o final de semana que chegou!!!


A seguir segue trailler do filme pra voces sentirem o gostinho…

Postado por Juju Morais as 12:26 hs

Deixe um comentário »

ELEIÇÕES 2010 :VOTAR CONSCIENTE, VOTAR BEM!

Já que aqui falamos de tudo.. não podemos esquecer das eleições no proximo domingo!Temos um compromisso com nosso futuro.
Que todos votem com consciência pesquisando o passado político de seus candidatos , para escolher os melhores governantes para o país e seus estados , e também nossos representantes no Senado e nas Câmaras Estaduais e Federais .Anotem tudo pra depois cobrar as promessas de campanha.Levem só um documento com foto e votem bem !

Confiram a vida de seus candidatos . Recomendo  este site abaixo:

http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/conheca+o+perfil+dos+candidatos+das+eleicoes+2010/n1237784899954.html

São seis votos:  1 Deputado Estadual,  1 Deputado Federal,  2  Senadores,  Governador e Presidente . Muitos numeros para guardar. Faça uma colinha mas não aceite aqueles santinhos preenchidos e distribuídos nas ruas pelos representantes de partido ou populares que trabalham nas campanhas.Estaremos decidindo o  destino do Brasil, de nosso estado   , da nossa  cidade para os próximos quatro anos. Nossa responsabilidade é imensa. Votemos com certeza para depois não   nos queixarmos das falhas, omissões  e descasos de alguns.

Vote bem , Vote consciente !

Postado por Juju Morais as 12:00 hs

Deixe um comentário »